NOTÍCIAS
Plantão Policial
10/08/2020

Corpo de mulher é encontrado dentro de caixa de papelão na área de mata da Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus

Compartilhar:
Foto: Divulgação

Policiais da 10ª Cicom com participação da cadela "Fiona" encontraram o corpo após denúncia anônima

Uma mulher de 40 anos, aproximadamente, foi assassinada por asfixia e o corpo foi encontrado no domingo, 9, em uma área de mata da Avenida Cecília Meirelles, bairro da Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus.


O delegado Luiz Rocha e equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros realizou diligência no local e confirmou que a mulher tinha duas tatuagens com os nomes “Rosa”, que pode ser ela, e “Davidson”.


Um bilhete apontando a mulher como informante de uma facção criminosa também estava dentro da caixa colado ao corpo, de acordo com o delegado que confirmou que a mulher não estava esquartejada como havia sido informado anteriormente.

 

Veja também

 

IMAGENS FORTES! Crime perverso e covarde: homem é assassinado com violenta paulada na cabeça quando dormia em parada de ônibus no Bairro da Alvorada, Zona Centro-Sul de Manaus. VEJA VÍDEO

 

IMAGENS FORTES! Mulher mata a namorada com socos, chutes e paulada na cabeça na frente de bar na Avenida Autaz Mirim, Zona Leste de Manaus. VEJA VÍDEO

 

Perito examina o corpo da mulher e confirma que ela

não foi esquartejada como se comentava anteriormente

 

 A caixa com o corpo da mulher foi jogada no meio do mato pelos assassninos 


A 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foi a primeira a ser informada através de um telefonema anônimo,que havia um corpo jogado na área de mata da Ponta Negra e uma guarnição comandada pelo tenente Afonso, seguiu para o local indicado.


A cadela “Fiona” da Companhia de Policiamento de Cães (CipCães) foi leva pela guarnição e rapidamente farejou a caixa de papelão com o corpo da mulher que também tinha uma corda enrolada no pescoço e um saco plástico enrolado na cabeça.

 

Carro-tumba do IML no local para remover o corpo

da mulher encontrada morta dentro da caixa de papelão


Para o delegado Luiz Rocha os dizeres escritos no bilhete encontrado na caixa, explicam o motivo quando os assassinos escreveram que a mulher era informante de uma facção e isso pode justificar ou motivar o motivo de sua morte.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp


O corpo foi removido do local logo após o encerramento do exame realizado pelo perito criminal e até a manhã desta segunda-feira, de acordo com informação da DEHS, a vítima continuava sem identificação no IML.

 

Delegado plantonista da DEHS, Luiz Rocha,

revelou alguns detalhes do crime (Fotos: Divulgação)
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.