NOTÍCIAS
SÓ VÍDEOS
29/11/2019

COVARDIA! Cuidadoras são presas após serem flagradas agredindo idosa de 94 anos. VEJA VÍDEO

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Família instalou câmera após notar que saúde da idosa estava debilitada; nas imagens, que foram registradas em casa de repouso na Inglaterra, mulheres aparecem agredindo, xingando e até jogando água escaldante sobre a vítima

 Três cuidadoras de uma senhora de 94 anos foram condenadas a prisão após um vídeo com agressões ser registrados por familiares. Nas imagens, gravadas em um quarto na casa de reopuso Meera House, em Brent, na Inglaterra, elas aparecem batendo, xingando e até jogando água quente na idosa.

 

Segundo informações do jornal britânico Metro, os parentes de Paniben Shah começaram a suspeitar das agressões após a saúde da idosa se deteriorar rapidamente após uma queda em 2017.

 

Inicialmente, eles acreditaram que o problema pudesse ser causado por um avançado grau de demência, mas conseguiram solucionar o caso quando colocaram uma câmera escondida no quarto dela.
 

Veja também

 

IMAGENS FORTES! Homem agride as próprias filhas, filma tudo e manda para a ex-esposa por não aceitar fim do relacionamento. VEJA VÍDEO

 

Policial age de forma rápida, evita assalto a um posto de gasolina e ainda mata 2 assaltantes. VEJA VÍDEO

 

Nas gravações, que foram registradas ao longo dos últimos três anos e apresentadas no tribunal, mostram diversos episódios de agressões, xingamentos e até um banho com água escaldante. Indefesa, a vítima questiona o porquê de tais ataques, enquanto segue sendo agredida pelas cuidadoras.

 

"Nós não podíamos acreditar no que estávamos vendo. O local parecia ser bastante profissiona. É horrível pensar em todas as agressões que minha avó sofreu nas mãos destas mulheres", afirmou o neto de Paniben, Amid. Após a divulgação dos vídeos, Anita Kc Thapa, Anita Bc e Heena Parekh foram consideradas culpadas e sentenciadas a seis, cino e quatro meses de prisão, respectivamente.

 

Outros dois funcionários da casa, Dolon Roy e Moumita Roy, terão que cumprir horas de serviços comunitários e pagar uma multa de 200 libras (cerca de R$ 1.090) após admitirem participação nos episódios verbais.

 

"Vocês privaram a senhora Shah de sua dignidade e do respeito que ela merece. Ao invés de ser tratada com carinho e compaixão, passou por um processo desumano. Houve uma aceitação destas atrocidades que jamais poderia acontecer", afirmou a juíza Lana Wood, responsável pelo caso.

 

Em comunicado, um porta-voz da Meera House lamentou o ocorrido: "Ficamos chocados e devastados com o caso e agimos imediatamente para suspender todos os funcionários envolvidos. Estamos auxiliando a polícia para que tudo possa ser resolvido da melhor forma. Ressalto também que as pessoas já foram desligadas da instituição".

 

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatsApp.


 Veja vídeo:

 



 

 IG

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.