NOTÍCIAS
Política
25/08/2021

CPI da Covid ouve Roberto Pereira Ramos, presidente do FIB Bank. ACOMPANHE AO VIVO

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Empresa CPI buscou viabilizar compra da Covaxin, com emissão de carta-fiança à Precisa Medicamentos

O presidente da Fib Bank, Roberto Pereira Ramos Junior, é ouvido nesta quarta-feira, 25, na CPI da Covid para esclarecer possíveis irregularidades na negociação da vacina Covaxin com o governo.

 

A empresa foi responsável por emitir uma carta-fiança à Precisa Medicamentos, cujo documento foi apresentado ao Ministério da Saúde para cumprir uma das etapas da negociação da vacina indiana alvo da CPI. O documento afiançava o valor de R$ 80,7 milhões, equivalente a 5% do R$ 1,6 bilhão do contrato.

 

A Fib Bank não possui autorização do Banco Central (BC) para oferecer esse tipo de garantia e, segundo o Tribunal de Contas da União (TCU), só instituições autorizadas pelo BC podem emitir essas fianças bancárias.

 

Veja também 

 

'Bolsonaro precisa parar de questionar legitimidade das urnas', declara Lira

 

Bolsonaro sobre STF e TSE: 'A corda não está arrebentando, arrebentou'

Os questionamentos da sessão desta quarta-feira deverão ficar centrados no fato de o Ministério da Saúde aceitar o documento da Fib Bank, mesmo sem que a empresa seja um banco de verdade. "É um banco fake", comentou a senadora Simone Tebet (MDB-MS).

 

Na segunda-feira, Roberto Pereira Ramos Junior pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que não seja obrigado a comparecer à CPI. Ele recebeu a permissão de ficar em silêncio quando puder ser incriminado, mas deverá responder as demais perguntas.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

 

Fonte: G1

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.