NOTÍCIAS
Plantão Policial
09/08/2020

De geração a geração: pai e filho seguem carreira na Polícia Militar do Amazonas

Compartilhar:
Foto: Divulgação

Cabo Maurílio Damasceno orgulha o pai, o 1º sargento Eleucino Pereira

Tornar-se exemplo e inspirar os filhos a seguirem os mesmos passos na vida profissional é um sonho de muitos pais. Compartilhar experiências, conselhos e ensinamentos, na maioria dos casos, possibilita uma carreira bem-sucedida, onde a troca entre pai e filho é fortalecida pelos laços sanguíneos.

 

Na casa do 1º sargento Eleucino Pereira, da reserva da Polícia Militar do Amazonas, o amor pela farda foi passado ao filho, cabo Maurílio Damasceno, que há nove anos orgulha a família, seguindo os passos do pai.

 

 “A minha história coincide com a história do meu pai. Quando ele completa 30 anos de serviço eu completo 30 anos de idade. Então, eu já cresci naquele regime, naquela hierarquia.

 

Veja também 

 

PGE-AM retoma atendimento presencial ao público na próxima segunda-feira (10/08)

 

Secretaria de Assistência Social beneficia entidade do Santa Etelvina

 

 

Quando era criança ficava vendo na janela, ele passando na viatura, acenava e eu o via como o meu herói, meu exemplo. Tinha isso comigo de que quando eu crescesse, ia seguir a carreira dele”, contou Maurílio.

 

 

 

Eleucino Pereira ressalta que sempre sonhou em ser militar e tinha o desejo de que, um dia, um dos filhos também seguisse o mesmo caminho. “Minha carreira militar começou dentro do Exército Brasileiro.

 

 

Poucos anos depois, entrei na Polícia Militar. Completei 30 anos na PM com vida e saúde. É uma honra muito grande para mim dizer que sou sargento, mas a honra maior é de ter um filho militar”, garantiu o 1º sargento.

 

 

 

A permanência da família na corporação está garantida por, pelo menos, mais uma geração, já que Yan Lima, de seis anos, neto de Eleucino, sobrinho de Maurílio, também sonha em seguir a carreira militar.

 

 

 

Incentivo – Eleucino assegura que o desejo de Maurílio surgiu de forma natural e que recebeu como um verdadeiro presente a notícia de que o filho havia sido aprovado. “Incentivei a se inscrever, fez o concurso, passou na primeira turma, graças a Deus. O maior prazer que eu tenho é ser policial militar e ter um filho na corporação.

 

 

Estou muito feliz por você ser cabo da Polícia Militar hoje. Espero que você continue um bom militar, um herói, um grande exemplo tanto para os seus colegas, para a corporação, e para mim também”, disse Eleucino, para o filho.

 

 

 

Maurílio enfatiza que o pai foi quem mais torceu para que tudo desse certo. “Durante todo o processo, todos ficaram torcendo por mim, ele principalmente. Sempre me aconselhando: ‘você vai conseguir’.

 

Fotos: Divulgação 

 

Lembro do abraço forte que ele me deu, muito feliz. Era um desejo de criança, dele também. Então, teve lágrima, nos abraçamos forte. Passar no concurso no curso foi muito concorrido na época. Eram mais de 50 mil inscritos”, lembrou o cabo.

 

 

Convocação – Maurílio Damasceno foi aprovado no concurso realizado no início de 2011 e, no final do mesmo ano, foi convocado. Ele conta que muitos dos colegas que participaram do mesmo certame não tiveram a mesma sorte e só agora, em 2020, vão concretizar o sonho de servir à Polícia Militar, graças à convocação de 323 aprovados, assinada na última quarta-feira, pelo governador Wilson Lima.

 

 

“Nós ficamos muito felizes porque é uma ajuda no policiamento tanto da cidade como no interior. E nós acompanhamos a luta de alguns conhecidos que foram chamados agora e realmente precisam. O militarismo é um sonho deles. Lutaram bastante. A corporação fica muito feliz com a entrada deles, que com certeza vêm para somar na Segurança Pública do estado”, frisou o policial.

 

 

Despedida – Às vésperas do Dia dos Pais, o 1º sargento Eleucino Pereira ganhou mais um presente do filho: vestir novamente a farda da Polícia Militar e, pela última vez, prestar serviço e garantir a segurança da população amazonense.

 

 

“É um prazer muito grande vestir essa farda que eu sempre gostei e ainda gosto. Faz parte da minha vida também. Desejo um feliz dia dos pais para todos os nossos amigos militares, para todos os amazonenses e para todos vocês. É uma honra muito grande mesmo. Estou muito feliz”, disse Eleucino.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram
Entre no nosso Grupo de WhatApp.

 

 

Maurílio assegura que deve ao pai o sucesso na profissão e na vida pessoal. “Muito obrigado. Sou muito feliz, muito grato. O homem que sou hoje devo muito ao senhor pelos ensinamentos, pela criação, por tudo que sou hoje. Todos os dias agradeço a Deus por tudo que o senhor nos proporcionou. Nunca nos deixou faltar nada. Foi um herói. Hoje, eu sigo os passos na Polícia Militar sempre tentando fazer o melhor, pela retidão, para não decepcionar o senhor e também por ter o senhor como exemplo”, agradeceu o cabo da PM.

COMENTÁRIOS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.