NOTÍCIAS
Plantão Policial
31/03/2020

Delegado do 12º DIP pede à Justiça que decrete A prisão preventiva do sargento do Exército que deu três tiros em sargento da PM na Zona Oeste de Manaus. VEJA VÍDEO

Compartilhar:
Foto: Divulgação / Foto-montagem / PORTAL DO ZACARIAS

O 2º sargento do Exército Janilson Cury Cuesta teve a prisão preventiva solicitada à Justiça do Amazonas pelo delegado titular do 12º Distrito Integrado de Polícia, Guilherme Torres.


O sargento Pereirinha, que é presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Estado do Amazonas (ASSPMBM), esteve na manhã desta terça-feira, 31, na delegacia e confirmou o pedido de preventiva ao ser recebido pelo delegado titular.


Janilson Cury foi indiciado em crime de tentativa de homicídio praticado na noite do último domingo, 29, quando ele disparou três tiros no sargento da Polícia Militar Heverton Ribeiro Brito, 44, que continua internado no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto.

 

Veja também


Sargento do exército dispara dois tiros em sargento da polícia militar no Bairro Nova Esperança 2, Zona Centro-Oeste de Manaus. VEJA VÍDEO

 

Assaltante apanha de populares depois de roubar telefone celular de cuidadora de idosos no bairro Presidente Vargas, Zona Sul de Manaus
 

2º sargento do Exército Janilson Cury Costa teve a prisão

preventiva solicitada pelo delegado Guilherme Torres (Foto: Divulgação) 


O crime aconteceu nas proximidades da casa do sargento PM, situada na Rua Nossa Senhora de Fátima, bairro de Nova Esperança 2, Zona Centro-Oeste de Manaus, durante uma discussão com o sargento do Exército, que sacou uma pistola e disparou os tiros.


Depois da tentativa de homicídio, o 2º sargento se apresentou no 19º DIP. Ele foi indiciado durante o plantão e sob uma escolta militar foi levado para o Batalhão de Polícia do Exército (BPE), onde, segundo informações, permanece detido.


Em um vídeo gravado na porta do 19º Distrito Integrado de Polícia, acompanhado dos advogados da ASSPMBM, o sargento Pereirinha confirmou o pedido de preventiva do 2º sargento do Exército que atirou no sargento PM Brito, seu nome de guerra na corporação.

 

Sargento Pereirinha confirmou e elogiou

em vídeo a agilidade do  delegado no pedido de

prisão preventiva do acusado (Fotos: Divulgação)  


VEJA VÍDEO:

COMENTÁRIOS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.