NOTÍCIAS
Esporte no Amazonas
09/07/2021

Destaque em sua categoria, amazonense representará o Brasil no Sul-Americano de Tênis

Compartilhar:
Foto: Thiago Parmalat(AL)

Competição será realizada entre os dias 12 e 17 de julho, em Lima, no Peru. Beatriz Nahmias Melo Rodrigues é a segunda colocada do Ranking feminino nacional de 12 anos

Beatriz Nahmias Melo Rodrigues, de 12 anos, está a caminho do Peru para representar o Brasil no Sul-americano de Tênis. A a atleta é a única amazonense da equipe brasileira, que é composta por três meninos e três meninas. A competição será realizada entre os dias 12 e 17 de julho, em Lima.

 

A convocação seguiu a metodologia para formações de equipes nacionais da Confederação Brasileira de Tênis (CBT). Ou seja, os melhores colocados do ranking são automaticamente selecionados, enquanto que as outras vagas são preenchidas por critérios técnicos.

 

Beatriz é a segunda colocada do Ranking feminino de 12 anos, sendo a segunda melhor jogadora do Brasil para a sua idade. Além disso, é a número um no ranking Norte e Nordeste e a segunda no ranking da Federação de Santa Catarina.

 

Veja também

 

Atleta do Amazonas conquista ouro nos Jogos Universitários Brasileiros

 

Com Naldo Silva na luta principal, Manaus promove Mega Fight 4, no sábado

 

 

Beatriz Rodrigues com seu primeiro troféu aos 7 anos. — Foto: Reprodução - Arquivos

Beatriz Rodrigues com seu primeiro troféu aos 7 anos.

(Foto: Reprodução - Arquivos)

 

Mesmo com pouca idade, Bia já coleciona prêmios. Começou a treinar com apenas 6 anos, por influência de seu pai, que já praticava o esporte. Um ano depois, em seu primeiro torneio, foi a vice-campeã.

 

Com o potencial, a família e treinador investiram no talento de Beatriz, intensificando cada vez mais seus treinos. Com isso, ela passou a ter um envolvimento maior com o Tênis.

 

- No começo eu não gostei muito, mas agora eu amo. Sinto muita felicidade quando jogo tênis. É uma sensação muito boa (ser uma das melhores do Brasil). Estou ansiosa (pelo Sul-americano), mas acho que vai dar tudo certo - disse a atleta.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.
Entre no nosso Grupo de WhatApp.
 

Uma carreira profissional não está fora da realidade. Com um currículo invejável aos 12 anos, Bia já pensa em seguir nesse rumo. Sua família apoia sua decisão, focando sempre no que Bia gosta e a faz feliz. E caso a carreira no esporte não seja o objetivo no futuro, Beatriz já disse: "Quero ser médica neurologista".

 

Fonte: Ge

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.