NOTÍCIAS
Educação
17/01/2020

Escola pede kit de médico para meninos e de cozinha para meninas e cria polêmica

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Colégio em Teresina, Piauí, causou polêmica ao fazer distinção na hora de solicitar os brinquedos aos pais

A escola sugere que eles levem um kit de profissão como médico, mecânico e bombeiro. Já elas, as atividades sugeridas são ligadas a salão e cozinha. A instituição ainda solicita que os meninos levem uma bola e que o uso será exclusivo deles.

 

No Facebook, Alberto Bona, tio de uma das alunas, fez uma publicação onde critica o posicionamento da escola, afirmando que a instituição “valoriza apenas algumas profissões e desvaloriza outras várias, tão importantes quanto”.

 

Ele ainda pede: “Não adoeçam as crianças, não alienem as crianças, ensinem a elas sobre o mal do machismo, preconceito e homofobia, quando for o momento mais adequado!”.

 

Veja também

 

Período de transferência para alunos da rede pública inicia nesta terça-feira

 

Primeiras horas de reserva de vagas para novos alunos tem quase 40 mil acessos

 

Nos comentários da publicação, muitos usuários acusaram a escola de sexismo por fazer distinção na hora de solicitar os brinquedos. Segundo o Instituto Dom Barreto em nota, a lista não pretende impor, limitar ou distinguir o uso dos brinquedos pelos alunos.

 

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram. 

Entre no nosso Grupo de WhatsApp. 

 

“O objetivo não é estimular ou segregar uma profissão em detrimento de outra, tampouco reproduzir uma percepção caduca de atividades específicas e distintas para meninas e meninos”, diz. “Entretanto, como somos conscientemente aprendizes, encontraremos outros modos de dizer nos próximos anos”.

 

 IG

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.