NOTÍCIAS
Educação
21/10/2019

Escolas municipais participam da 2ª Feira Amazonense de Matemática

Compartilhar:
Foto: Divulgação

A intenção dos “alunos cientistas” é propiciar a interação entre a tecnologia e a matemática, com jogos cheios de atividades de raciocínio lógico.

Com o tema “Matemática Aplicada e/ou Interrelação com outras disciplinas”, aproximadamente 33 escolas da rede municipal de ensino participarão da etapa estadual, que iniciou nesta segunda-feira, 21/10, e segue até quarta-feira, 23/10.

 

A Feira acontece no Centro de Convivência da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), no Coroado, zona Leste de Manaus, e deve contar com a participação de 68 alunos do ensino fundamental do 4º ao 9º anos e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

 

 

A subsecretária de Gestão Educacional da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Euzeni Araújo, participou da Feira e destacou a importância em incentivar os alunos e professores a desenvolverem projetos científicos que modifiquem e tornem as aulas mais atrativas e dinâmicas, como no caso da matemática.

 

Veja também

 

Em Manaus, Polícia Militar recupera nove veículos roubados no final de semana

 

Grupo criminoso da FDN incendeia casa de traficante do comando vermelho no bairro de Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus. VEJA VÍDEO!

 

 

 

“O uso da tecnologia, a inovação e desenvolvimento da criatividade, são fundamentais para o estudo da matemática com o aluno do século 21. Este é um momento importante de troca de experiência entre os participantes, com alunos e professores de outras unidades e municípios, com certeza todos saem desse evento com um conhecimento mais enriquecido”, comentou a subsecretária.

 

 

 

A Feira contou também com a participação dos alunos da Oca do Conhecimento da unidade do Puraquequara, que tocaram e cantaram músicas amazonenses e nacionais.

 

Fotos: Cleomir Santos

 

 

Programação


Cada dia é destinado para uma modalidade de ensino e o primeiro ficou por conta da EJA com os alunos da escola municipal Doutor Raimundo Magalhães Cordeiro, conjunto Amazonino Mendes, no Novo Aleixo, na zona Norte. O projeto apresentado pela equipe foi o jogo eletrônico de “Quiz Expressos Numéricas”.

 

 

Os alunos criaram um aplicativo, pela Programação Scratch, que pode ser baixado em qualquer computador, notebook e aparelhos smartphone. A intenção dos “alunos cientistas” é propiciar a interação entre a tecnologia e a matemática, com jogos cheios de atividades de raciocínio lógico.

 

 

“A gente quer tirar a fama de bicho-papão que a matemática tem para a maioria dos alunos, e que eles tenham mais interesse na disciplina, por meio de jogos com desafios. E nesse processo criamos também um personagem que é o Max, que acompanha o jogador e informa se está certo ou errado’, explicou uma das criadoras do aplicativo, Lyandra Silva, da 4ª fase da EJA.

 

 

Pelo menos 150 escolas, entre estaduais, municipais do interior do Amazonas e privadas, apresentarão os projetos científicos matemáticos durante os três dias da Feira. De acordo com o coordenador geral do evento, Francisco Feitosa, o objetivo não está na competição, mas na participação, apresentação e troca de experiência entre as unidades de ensino, onde todas ganharão medalhas de participação.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatsApp.

 

 

“A Feira obedece alguns critérios como a comunicação do trabalho, domínio do conteúdo e qualidade e relevância científico social e ambiental. Não terá classificação (1º, 2º e 3º lugares), todos receberão certificado, medalhas por pontuação, as 10% que conseguirem as melhores notas recebem medalha de ouro, as 20% de prata e as restantes de bronze”, comentou o coordenador.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.