NOTÍCIAS
Plantão Policial
10/12/2019

Este homem matou a mulher e o filho de 4 anos para não pagar pensão

Compartilhar:
Foto: Divulgação

Jeanderson veio se esconder e morar em Manaus depois de fugir do presídio no Mato Grosso

O mandado de prisão por sentença condenatória do ex-soldado do Exército Brasileiro Jeanderson Xavier Rangel, 31, foi cumprido nesta terça-feira, 10, em Manaus, por uma equipe de policiais civis do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO).


No mês de novembro de 2012, na cidade de Cuiabá, capital do Estado de Mato Grosso, Jeanderson matou a tiros a sua ex-namorada, estudante de Direito Ariely Lopes Vieira, e o filho que ele tinha com ela, Emilton Jorge Neto, que tinha apenas 4 anos de idade.


O delegado do DRCO, Silval Barroso, apresentou o ex-soldado em uma coletiva de imprensa e confirmou que o autor do duplo homicídio foi condenado pela Justiça do Estado do Matogrosso a uma pena de 43 anos e 10 meses em regime fechado.

 

Veja também
 
Empresário é assaltado e esfaqueado por bandidos na tarde desta segunda-feira na Praça 14 de Janeiro, Zona Sul de Manaus

Usando carro e seguranças pagos com dinheiro público, mulher do prefeito Arthur Neto tenta entrar 'na marra' em presídio para visitar o filho acusado de matar o engenheiro Flávio Rodrigues


Ariely e o filho Emilton Jorge foram assassinados dentro da casa onde moravam no bairro da Serra Dourada após uma discussão de Jeanderson com a mãe do menino por causa de pensão alimentícia, segundo depoimento do ex-soldado.

 

O ex-soldado é condenado a 43 anos e 10 meses de

prisão pela Justiça matogrossense (Foto: Divulgação) 


De acordo com o delegado Sinval Barroso, Jeanderson foi condenado em 2014 e passou a cumprir pena no Centro de Ressocialização de Cuiabá e depois foi transferido para a Penitenciária Central daquele Estado, de onde fugiu em 2016.


A investigação do DRCO descobriu que o ex-soldado estava morando em Manaus, e nesta terça-feira durante diligência ele foi localizado e preso no bairro de Flores, Zona Centro-Sul.


Ao final da apresentação do homem condenado pelo duplo homicídio, o delegado Sinval Barroso disse que ele seria encaminhado a uma unidade prisional de Manaus onde vai ficar confinado até ser transferido para um presídio em Mato Grosso.

 


 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.