NOTÍCIAS
Internacional
26/06/2020

EUA pode ter 20 milhões de casos de Covid-19, dizem autoridades

Compartilhar:
Foto: Reprodução

O epicentro global da doença pode ter dez vezes mais casos do que os números oficiais registram; milhões não sabem que se infectaram

Segundo autoridades norte-americanas, que falaram anonimamente para a Associated Press, os Estados Unidos têm mais de 20 milhões de casos de Covid-19 , doença transmitida pelo novo coronavírus. Os números oficiais registram que o país tem, atualmente, 2,3 milhões. Nesta semana, as mortes ultrapassaram a marca de 120 mil.

 

Caso correto, o número corresponde a vinte vezes mais pessoas que se infectaram pelo novo coronavírus . O atual número representaria 6% de toda população do país, que é atualmente de 331 milhões de habitantes. No entanto, muitos podem não saber que foram contaminados.

 

Nos últimos meses, o presidente Donald Trump voltou a minimizar a pandemia. Além de não utilizar máscara de proteção publicamente, ele chegou até mesmo a organizar um comício para apoiadores o último sábado (20), em que insinuou que o país deixaria de aplicar testes para Covid-19.

 

Veja também

 

Estados Unidos entregam ventiladores pulmonares ao Brasil para o combate à COVID-19

 

Covid-19: Reino Unido registra aglomeração em praias na Inglaterra. VEJA

No entanto, assessoria da Casa Branca afirmou que proposta teria sido "brincadeira" do presidente para satirizar a imprensa norte-americana.

 

Especulação do número real de casos


O novo dado apresentado foi baseado em um estudo realizado pelos Centros de Combate e Prevenção de Doenças (CDC) com amostras de sangue de cidadãos de todo país. No início da pandemia, a capacidade de detecção da doença ainda não era tão avançada. Pessoas que apresentavam sintomas foram consideradas como prioridade.

 

Além disso, o CDC afirma que 25% das pessoas contaminadas podem não apresentar sintomas da doença; ou seja, são assintomáticas . Esse grupo de pacientes pode não ter sido incluso na conta.

 

Segundo Thomas Tsai, pesquisador de políticas de saúde da Universidade de Harvard, o número é coerente com a situação atual do país. No entanto, mais do que o valor real, é preciso entender o tamanho do intervalo entre as estimativas.

 

Com essa informação, é possível rastrear locais de amostras e identificar se são de alta ou baixa prevalência. Assim, os dados não serão distorcidos.


Testagem


De acordo com dados oficiais, estima-se que 500 mil estadunidenses são testados por dia. Apesar do número alto, a Universidade Johns Hopkins afirma que o país fica atrás, por exemplo, de Austrália, Espanha, Islândia e Rússia.

 

O ideal para controlar a pandemia, segundo especialistas e pesquisadores, seria se esse número fosse de 1 milhão a 3 milhões diariamente. Dessa maneira, será possível conseguir um rastreamento mais preciso.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram. 

Entre no nosso Grupo de WhatApp.


Alguns estados nos Estados Unidos já trabalham suas políticas de reabertura. No entanto, os casos voltaram a aumentar. Na última semana, 10% dos testes realizados deram positivo para Covid-19. 

 

iG

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.