NOTÍCIAS
Manchete
28/02/2020

EX-POLICIAL MILITAR ACUSADO DE PARTICIPAÇÃO EM CHACINA VAI SER JULGADO PELO TRIBUNAL DO JURI NO PRÓXIMO DIA 3 DE MARÇO

Compartilhar:
Foto: Divulgação

Ex-policial militar vai ser julgado pela participação nos quatro assassinatos

A 3ª Vara do Tribunal do Júri vai julgar no próximo dia 3 de março o ex-policial militar Francisco Marques dos Reis, mais conhecido como “Max”, que é acusado de participar de quatro homicídios que aconteceram o dia 27 de fevereiro de 2015 em Manaus.


Um grupo de homens fortemente armados invadiu uma residência da comunidade Novo Milênio, bairro de Santa Etelvina, Zona Norte, e matou a tiros três homens e uma mulher que seriam ligados ao tráfico de drogas e membros de uma facção criminosa.


No mesmo dia do crime as quatro vítimas foram identificadas pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) com os seguintes nomes: Edney Souza dos Santos, Ivan Texeira Pessoa, Denilson Lobo Rodrigues e Keitiane Nunes Godinho.

 

Veja também


POLÍCIA LOCALIZA E PRENDE ESTELIONATÁRIO QUE FATUROU QUASE R$ 200 MIL APLICANDO GOLPES EM MANAUS E NO INTERIOR DO ESTADO

 

VOCÊ VIU ESTE JOVEM? Ele está desaparecido desde o dia 24 de fevereiro quando saiu para ir à casa da irmã no bairro Novo Israel, Zona Norte de Manaus

 

Edivânia Souza sobrevuveu à chacina mas foi encontrada

morta na Avenida das Flores em 2018 


A testemunha-chave da chacina Edivânia Souza dos Santos, 18,  foi a única que sobreviveu porque conseguiu se esconder em cima do telhado da residência, mas em março de 2018 ela foi seqüestrada, torturada, assassinada e seu corpo foi encontrado na Avenida das Flores, Zona Norte.


O julgamento do ex-policial “Max” é aguardado com bastante expectativa porque na época comoveu toda a comunidade Novo Milênio e os moradores do bairro d e Santa Etelvina, pela maneira fria, calculista e brutal como as quatro pessoas foram assassinadas no quintal da casa.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatsApp


O Tribunal de Justiça do Amazonas ainda não divulgou o nome do juiz que vai presidir o julgamento na 3º Vara do Tribunal do Júri com sede no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, situado na Avenida Paraíba, bairro de São Francisco, Zona Sul de Manaus.

 

Delegado Ivo Martins na época era o titular da DEHS  e

presidiu o inquérito sobre a chacina (Fotos: Divulgação)

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.