NOTÍCIAS
Bizarro
13/06/2021

Filha de ex-senadora americana e namorado produzem vídeo de confissão do assassinato do pai da garota

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Sierra Halseth com o namorado Aaron e ao lado do pai Daniel

Um casal de jovens publicou em seu canal do YouTube um vídeo que acabou servindo como confissão do assassinato do pai da garota. O clipe foi postado três dias depois de Aaron Guerrero, de 18 anos, e Sierra Halseth, de 16, terem matado e esquartejado o pai de Sierra, Daniel Halseth, em sua casa em Las Vegas em abril. "Bem-vindo ao nosso canal - é o terceiro dia depois que matamos alguém", diz Guerrero diz no vídeo, enquanto cada um mostra três dedos para a câmera. Daniel era marido e Sierra e filha de Elizabeth Halseth, ex-senadora pelo estado de Nevada, que exerceu mandato entre os anos de 2010 e 2012.

 

A garota grita: "Ei! Não fale isso para a câmera!". "Valeu a pena", diz Guerrero enquanto segura a cabeça dela entre as mãos. O vídeo mostra Guerrero e Halseth deitados juntos no que parece ser um saco de dormir dentro de uma barraca ao ar livre enquanto Halseth ri e cobre a boca com a mão. Guerrero então dá um tapinha no rosto dela duas vezes antes de fingir que a sufocou - enquanto ela desvia os olhos para a câmera e faz um barulho de asfixia. Ele então parece beijar o topo de sua cabeça enquanto ela a levanta do chão. Antes do final do vídeo, Guerrero ri e os dois se acariciam.

 

O vídeo foi descoberto pelos policiais que prenderam os adolescentes em Salt Lake City, seis dias depois que Daniel foi encontrado carbonizado em sua casa incendiada. Investigadores acreditam que o casal causou o incêndio para tentar encobrir o assassinato, já que, aparentemente, o plano que eles tinha de desmembrar o corpo da vítima com a ajuda de uma serra elétrica não deu certo. Peritos tentam descobrir se eles publicaram o vídeo em alguma rede social ou plataforma de vídeos.

 

Veja também

 

IMAGENS FORTES! Cachorro arranca pálpebra de mulher após ataque. VEJA FOTOS

 

Pescadores vendem vômito de baleia por 1,5 milhão de dólares

 

Os YouTubers Aaron Guerrero e Sierra Halseth (Foto: reprodução YouTube)

 

O procurador-chefe Christopher Hamner afirmou ao Las Vegas Review Journal que está considerando pedir a pena de morte para Guerrero. A acusação não pode pedir a mesma pena para Sierra por conta de sua idade. A polícia de Las Vegas encontrou o corpo de Halseth em 9 de abril, depois que sua própria mãe disse às autoridades que não tinha notícias dele há dois dias. Os pais de Guerrero abordaram os policiais que investigavam a cena apenas algumas horas depois do início da investigação para dizer-lhes que estavam procurando por ele e pensaram que ele poderia ter fugido com a filha de Halseth.

 

Daniel Halseth, vítima e pai de Sierra (Foto: reprodução Facebook)

Daniel Halseth, vítima e pai de Sierra 

 

De acordo com a KVVU-TV, a mãe de Guerrero supostamente disse aos policiais que seu filho e Sierra Halseth estavam juntos entre junho e dezembro de 2020, mas seus pais decidiram mantê-los separados depois de planejarem fugir para Los Angeles. O casal agora enfrenta múltiplas acusações incluindo assassinato, conspiração para cometer assassinato, incêndio criminoso, fraude de cartão de crédito e roubo. Eles foram extraditados de Utah de volta para Las Vegas e devem comparecer ao tribunal na próxima segunda-feira.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp.

 

Sierra Halseth e Aaron-Guerrero em retratos feitos pela polícia (Foto: divulgação)

Fotos: Reproduções

 

Fonte: Monet

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.