24 de Fevereiro de 2024 - Ano 10
NOTÍCIAS
Internacional
29/11/2023

Hamas está disposto a prolongar trégua com Israel por mais quatro dias, diz fonte palestina

Foto: Reprodução

Pessoa ligada ao grupo palestino afirmou que mediadores foram informados sobre interesse em estender o cessar-fogo e trocar novos reféns por prisioneiros

O Hamas está disposto a prolongar por mais quatro dias a trégua com Israel e a libertar mais reféns em troca de prisioneiros, afirmou nesta quarta-feira uma fonte próxima ao grupo palestino, enquanto aumentam as pressões dos mediadores internacionais para conseguir um cessar-fogo duradouro no conflito.

 

A trégua entre Israel e Hamas entrou no sexto dia nesta quarta-feira, com a previsão de uma nova troca de reféns por presos. Iniciada na sexta-feira e com um prazo inicial de quatro dias, a trégua foi prorrogada por 48 horas, até quinta-feira às 07h00 (02h00 em Brasília), para permitir a troca de 20 reféns do Hamas por 60 prisioneiros palestinos, informou o governo do Catar, principal mediador da guerra.

 

A prorrogação permitiu a entrega, na terça-feira à noite, de 12 reféns que estavam sob poder do grupo terrorista (10 israelenses e dois tailandeses) e de 30 presos palestinos, incluindo um adolescente de 14 anos. A imprensa israelense informou que o governo já recebeu a lista dos reféns que serão liberados pelo Hamas nas próximas horas, mas nenhuma fonte oficial confirmou a notícia.

 

Veja também 

 

Comércio entre Brasil e Arábia Saudita pode chegar a US$ 20 bilhões

 

Papa cancela viagem a Dubai para participar da COP28, informa Vaticano


Na manhã desta quarta-feira, uma fonte próxima ao Hamas afirmou que o movimento "concorda" em prologar a atual trégua por mais quatro dias.

 

— O Hamas informou aos mediadores que deseja estender a trégua por outros quatro dias e que, durante este período, está em condições de libertar prisioneiros israelenses que tem em seu poder em conjunto com outros movimentos da resistência e outras partes, nos mesmos termos da atual trégua — afirmou a fonte.

 

Até o momento, a trégua, que também foi negociada com o apoio do Egito e dos Estados Unidos, permitiu a libertação de 60 reféns israelenses — assim como de 20 tailandeses, um filipino e um russo-israelense à margem do acordo.

 

Israel libertou 180 presos de suas penitenciárias, em uma proporção de três palestinos para cada refém israelense.

 

As autoridades israelenses calculam que 240 pessoas foram sequestradas e levadas para Gaza durante o ataque sem precedentes do Hamas em 7 de outubro, que deixou 1.200 mortos, a maioria civis. O número também inclui mais de 300 militares.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

Em resposta, Israel prometeu "aniquilar" o Hamas e iniciou uma ofensiva contra a Faixa de Gaza, com bombardeios constantes e uma operação terrestre desde 27 de outubro, ações que deixaram 14.854 mortos, incluindo 6.150 menores de idade, segundo o governo de Gaza. 

 

Fonte: O Globo

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2024. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.