NOTÍCIAS
Geral
23/05/2020

Homem tenta assédio sexual com atendente de restaurante e se dá muito mal. Confira!

Compartilhar:
Foto: Reprodução

A funcionária em questão é esposa do dono do estabelecimento

 Machistas não passarão – e nem comerão. Não no restaurante em Porto Velho, que não aceitou a atitude de um cliente com a atendente que anotava os pedidos.

 

A resposta do dono do estabelecimento viralizou na internet: ele enviou um prato de frango cru ao homem que importunou sua funcionária. Na própria página do restaurante, o post teve mais de 2 mil compartilhamentos em pouco tempo.


A funcionária em questão, Gaby, é esposa do dono, Jeferson. Desde que abriram o restaurante Kverna do Urso como sócios, em dezembro de 2016, já tinham passado por outras situações desagradáveis envolvendo clientes homens, que desrespeitam Gaby no atendimento, mas nunca como a que aconteceu esta semana.

 

Veja também

 

BIZARRO! Fotógrafo oferece vaga de modelo para assediar e deixar mulher seminua

Após fim da quarentena, beijo termina em emergência de hospital


O consumidor fez um pedido de coração de galinha, e Gaby perguntou a ele, pelo Whatsapp do restaurante, qual deveria ser o ponto da carne. Neste momento, o homem passou a enviar mensagens de cunho sexual à atendente.

 

Foto: Divulgação

 

“Olha, linda, se a galinha tivesse uma voz suave e gostosa como a sua poderia até ser ‘crua’, se é que me entende”, afirmou o homem, que foi além: “Tenho certeza que você sabe o ponto que eu gosto”.


Em entrevista ao portal Universa, da UOL, Jeferson comenta que Gaby segue abalada com a mensagem e ainda não se sente à vontade para conversar sobre o caso. “Vi que tinha algo errado. Ela começou a ficar trêmula, tensa. Aí eu peguei o celular, pedi para ela ir descansar, e vi as mensagens. Fiquei revoltado”, contou o empresário, que não respondeu mais nada ao cliente, só começou a “preparar” o pedido.

 

Cerca de 30 minutos depois da última mensagem, o cliente enviou uma foto revoltado. A marmita estava com os pedaços de frango sem cozimento. “Cadê o dono deste estabelecimento?”, perguntou. Jeferson, então, respondeu às mensagens, em tom de ironia.

 

“Fico feliz que tenha recebido seu pedido conforme solicitou. Reza a lenda que esta galinha antes de morrer falou ‘pó pó pó’ com a voz suave e gostosa, se é que você me entende”, escreveu.

 

Após o acorrido, o dono enviou mais uma mensagem explicando que o pagamento do pedido foi estornado e que o homem deveria ter mais respeito às mulheres. “Se quiser, posso ir ai pegar seu pedido de volta, mas vou com a polícia”, concluiu o comerciante.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram 
Entre no nosso Grupo de WhatsApp. 
 

Jeferson comenta que sua resposta ao cliente não foi por ciúmes ou porque a vítima do assédio se tratava de sua esposa. “Quando estamos no restaurante, é cada coisa em seu lugar. Ali, ela é minha colaboradora e atendente, mas eu precisava, por uma simples questão de dignidade humana, responder isso para ele”, explicou. Minutos depois, o cliente enviou uma nova mensagem, pedindo desculpas à atendente.

 

O Dia
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.