NOTÍCIAS
Bizarro
15/06/2020

Indiano que promovia 'exorcismo do coronavírus' morre de Covid-19 e infecta ao menos 20

Compartilhar:
Foto: Divulgação

Curandeiro como o indiano que promovia o

Um homem que promovia o "exorcismo do coronavírus" ao beijar a mão de doentes morreu de Covid-19, disseram no fim de semana autoridades da cidade de Ratlam (Madhya Pradesh, Índia).

 

O curandeiro infectou ao menos 20 pessoas. Ele testou positivo para Covid-19 em 3 de junho, morrendo no dia seguinte.

 

Agentes da Saúde entraram em contato com dezenas de pessoas que estiveram como o curandeiro, nas últimas semanas, e realizaram testes, afirmou o "Times of India".

 

Veja também 

 

Conheça Nagoro, a vila japonesa onde bonecos substituem os mortos

 

Conheça 5 coisas consideradas extremamente bizarras encontradas na Austrália. VEJA

 

A identidade do homem ainda é um mistério. Algumas fontes o apontam como um sadhu (homem sagrado no hinduísmo) especializado em ioga tântrica. Outras disseram que se tratava de um muçulmano, identificado como Aslam, que se promovia com poderes especiais.

 

Autoridades indianas já identificaram outros 29 ocultistas envolvidos em "exorcismo do coronavírus" e os colocaram em quarentena. Esses curandeiros geralmente sopram na água que fazem seus seguidores beberem. Isto aumenta a chance de infecção, pois o coronavírus é transmitido principalmente de pessoa para pessoa por meio de pequenas gotículas do nariz ou da boca.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.
Entre no nosso Grupo de WhatApp.

 

A Índia já registrou 299 mil casos de Covid-19, com 8,5 mil mortes.

 

Extra

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.