NOTÍCIAS
Política
27/10/2021

Lula mantém ampla vantagem sobre Bolsonaro e lidera em todos os cenários em que é citado, aponta pesquisa

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Se as eleições fossem hoje, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a preferência no segundo turno em 11 dos 12 cenários apontados na quarta edição da pesquisa da Modalmais/Futura Inteligência divulgada nesta quarta-feira (27/10). O petista mantém vantagem ampla sobre o presidente Jair Bolsonaro e só não venceria as eleições no cenário em que ele não é citado como candidato. Já Bolsonaro só consegue se eleger se Lula não concorrer.

 

O resultado da pesquisa mostra que, apesar do leve recuo na preferência dos entrevistados, em um eventual segundo turno, Lula venceria Bolsonaro em 49,2% dos votos contra 37,4%. Brancos e nulos tiveram 12,4% das respostas. No mês anterior, a vantagem do petista era maior, de 49,7%, enquanto o atual presidente tinha 35,3%.

 

De acordo com o levantamento divulgado pela Modalmais, a polarização entre Lula e Bolsonaro persiste e, em nenhum dos cenários avaliados, há um nome da terceira via com capacidade de vencer Lula ou Bolsonaro, na atual conjuntura.

 

Veja também

 

De olho em 2022, Bolsonaro e Lula buscam apoio em Minas Gerais

 

Lula não dará entrevistas à Rede Globo como candidato a presidente

 

O mais beneficiado em uma eventual saída de Bolsonaro do páreo é o ex-juiz e ex-ministro da Justiça do atual presidente Sergio Moro, que deverá filiar-se ao Podemos. Nesse cenário, Lula teria 39,9% dos votos e Moro, em segundo lugar, teria 15,3%, seguido por Ciro Gomes (PDT), com 11,2%. Na sequência, governador de São Paulo João Dória (PSDB), com 4,1% da preferência, e o senador mineiro Rodrigo Pacheco, que acaba de se filiar ao PSD, com 1,4%. Contudo, vale destacar que brancos nulos têm a segunda maior votação: 25%.

 

Já em um eventual cenário sem Lula, o maior beneficiado seria Ciro Gomes, que conseguiria 20,2%, menos do que Bolsonaro, com 32% da preferência. Em terceiro lugar, Sergio Moro, teria 13,5%, seguido por Datena, com 10,1% e Eduardo Leite, com 3,8%.

 

A enquete mostra que a Bolsonaro lidera o ranking de rejeição, com 49,3% seguido por Lula, com 39,8%; e por João Dória, com 20,4%. As menores rejeições são de Eduardo Leite (PSDB-RS), de 11,9%, e de Rodrigo Pacheco, de 11,2%.

 

reprodução

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

Conforme os dados dos pesquisadores, foram entrevistados, por telefone, 2 mil eleitores entre os dias 19 e 22 de outubro. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2 pontos percentuais. 

 

Fonte: Correio Braziliense

COMENTÁRIOS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.