NOTÍCIAS
Internacional
06/02/2020

Maduro diz que combaterá 'ameaça violenta' de Trump com 'Socialismo cristão'

Compartilhar:

Presidente da Venezuela respondeu as críticas feitas pelo líder norte-americano em discurso feito na última terça-feira

No mesmo dia em que Juan Guaidó , presidente autoproclamado da Venezuela , se encontrou com Donald Trump na Casa Branca , o presidente eleito do país sul-americano, Nícolas Maduro , entrou em rota de colisão com o líder dos Estados Unidos .

 

Em pronunciamento transmitido à imprensa na quarta-feira (5), pelo ministro das Relações Exteriores, Jorge Arreaza, o governo venezuelano acusou Trump de fazer “ameaças violentas” contra a Venezuela.

 

“ Trump ofende e desrespeita o povo venezuelano, fazendo ameaças violentas contra sua integridade e contra o governo constitucional, legítimo e democrático do presidente Nicolás Maduro”, leu o representante do governo.

 

Veja também

 

Trump comemora aprovação em Iowa com provocações aos democratas

 

Ex-bombeira diz que foi demitida por 'sensualizar' em fotos na web. VEJA FOTOS

 

Mais tarde, o próprio Maduro falou e rebateu críticas feitas elo presidente norte-americano durante o tradicional discurso dobre o Estado da União, realizado na terça-feira (4), com direito à presença de Guaidó. Trump disse que Maduro é um “governante ilegítimo que brutaliza seu povo” e prometeu “esmaga-lo”.

 

"Eu estendi a mão aos Estados Unidos várias vezes, e acredito que eles não queiram mais diálogo. É uma política intervencionista, ilegal, imoral de Donald Trump contra o nobre e o pacífico povo venezuelano. Temos direito de construir o socialismo. E vamos construir o socialismo, mais democrático, cristão, humano", respondeu o chavista. “Eu sou o presidente eleito legitimamente, de acordo com a Constituição", completou.


Aliança

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram. 
Entre no nosso Grupo de WhatsApp.


Enquanto Maduro desafia os Estados Unidos, Juan Guaidó estreita relações com o país. O opositor chegou a ser aplaudido por congressistas e democratas, durante o discurso da terça-feira, quando foi apresentado por Trump como o “verdadeiro presidente da Venezuela”. No dia seguinte, ele se reuniu com o presidente norte-americano na Casa Branca.

 

iG

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.