NOTÍCIAS
Bizarro
02/02/2020

Menina é morta ao ativar flash de celular e ser confundida com policial militar

Compartilhar:
Foto: Reprodução / Facebook

Jovem morreu a caminho de hospital após levar um tiro na cabeça em Santos

 Uma garota de 15 anos morreu após ser atingida por um tiro na cabeça no bairro Bom Retiro, em Santos, no litoral de São Paulo. Uma testemunha relatou à polícia que a vítima foi confundida com policiais ao ativar o flash da câmera de um celular em uma área considerada perigosa. As informações foram divulgadas pela polícia na manhã deste domingo (2).

 

Segundo um parente que preferiu não se identificar, a adolescente Khaylane da Silva Nascimento, de 15 anos, estava em um beco próximo da própria casa, conversando com outros adolescentes, no Caminho São José. Um homem teria passado por eles correndo, por volta das 21h30, e efetuou disparos de arma de fogo. Um dos tiros atingiu Khaylane na testa.

 

Veja também

 

Pense numa coisa bizarra! Mas muito bizarra mesmo! É o que você vai ver agora. SÓ MESMO VENDO PARA CRER


Brasileiros gravam vídeo com apelo a Bolsonaro para saírem da China. VEJA

 

Os amigos da adolescente pediram socorro a um vizinho, que estava tirando o carro da garagem no momento do disparo. "Eu estava tirando o carro quando ouvi uma rajada de tiros", conta o vizinho, que também preferiu não ter sua identidade revelada. "Foram seis disparos de uma vez só. Depois, o pessoal começou a gritar na rua", diz.

 

Jovem morreu a caminho de hospital após levar um tiro na cabeça em Santos. — Foto: Reprodução/Facebook

Foto: Reprodução / Facebook

 

Ele socorreu a vítima, levando a adolescente e a mãe dela para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Noroeste. Khaylane já estava inconsciente e, da UPA, ela foi encaminhada para a Santa Casa de Santos, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no caminho.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, uma das testemunhas disse à Polícia que Khaylane se afastou do grupo por um momento para tirar uma foto com um celular pouco antes do momento do crime.

 

Ele suspeita que o flash do celular tenha chamado a atenção de criminosos da região, que teriam confundido a adolescente com agentes da Polícia Militar e efetuado os disparos em direção à vítima.

 

O caso foi registrado na Central de Polícia Judiciária (CPJ) como homicídio simples e será encaminhado ao 5º DP de Santos, responsável pela área.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatsApp.

 

Conforme apurado pelo G1, o velório de Khaylane será realizado na Beneficência Portuguesa de Santos e o sepultamento ocorrerá no Cemitério Areia Branca. Os horários ainda não foram definidos.

 

G1

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.