NOTÍCIAS
Mulher
09/11/2021

Metade das mulheres perdeu desejo sexual na pandemia, revela estudo

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Um estudo feito no Trinity College Dublin, na Irlanda, mostrou que a pandemia de Covid-19 trouxe impactos para a vida sexual das mulheres. Mais da metade delas sofreu com a redução do desejo ou passou por mudanças no ciclo menstrual, efeitos que foram relacionados ao estresse e à má qualidade do sono provocados pela crise sanitária.

 

Os pesquisadores irlandeses entrevistaram 1,3 mil mulheres em abril com perguntas sobre distúrbios menstruais, como ciclos irregulares, intensidade das cólicas e sintomas pré-menstruais. Elas também foram questionadas sobre a qualidade do sono e os níveis de ansiedade e depressão.

 

Cerca de 56% das participantes afirmaram ter sofrido alguma mudança no ciclo menstrual desde o início da pandemia e 54% disseram que perderam a vontade de transar. As alterações foram mais significativas entre as mulheres com sono insatisfatório e que relataram sofrimento mental no período.

 

Veja também

 

Dispositivo Intrauterino: as vantagens e desvantagens do DIU

 

Gelo no rosto: quais os benefícios para a pele?

 

Ansiedade e depressão

 

Os cientistas concluíram que “a carga psicológica sem precedentes” influenciou o estado de saúde das entrevistadas. De acordo com os pesquisadores, o estresse suprime indiretamente os mecanismos corporais femininos impedindo que os hormônios sexuais sejam liberados corretamente.

 

Os dados vão ao encontro de evidências científicas anteriores que mostram que estresse, alteração do sono, mudanças na alimentação e a própria infecção provocada pelo novo coronavírus podem alterar o ciclo menstrual.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

Os resultados do estudo do Trinity College Dublin serão apresentados na conferência anual da Society for Endocrinology, em Edimburgo, na Escócia. Os pesquisadores afirmam que pretendem repetir as entrevistas a cada seis meses para verificar se a pandemia continua a trazer prejuízos para a saúde feminina.

 

Fonte: Metrópoles

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2022. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.