23 de Fevereiro de 2024 - Ano 10
NOTÍCIAS
Plantão Policial
29/11/2023

Mulher que atraiu homem para tortura, execução e esquartejamento na Zona Leste de Manaus é presa pela Delegacia de Homicídios e Sequestros

Foto: Divulgação

Kelly Terco foi presa no começo da noite de ontem após a polícia receber uma denúncia anônima

A mulher Kelly Terco Barbosa Ferreira, 33, foi presa no começo da noite da última terça-feira, 28, após uma denúncia anônima recebida pelos policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), informar o local onde ela estava escondida.

 

A imagem de Kelly chegou a ser divulgada como procurada pela Polícia Civil do Amazonas e foi localizada e presa no município de Terra Santa, no Pará, pela Polícia Civil daquele Estado.


“Kelly” é acusada de participar de um grupo criminoso que sequestrou, torturou, executou e decapitou um homem identificado como José Carlos Leocádio Gama, na madrugada do dia 16 de outubro deste ano, em uma área de mata no bairro do Gilberto Mestrinho, Zona Leste de Manaus.


A delegada adjunta da DEHS, Débora Barreiros, confirmou a prisão da referida mulher e que continuam foragidos os outros dois acusados Marcelo que também é conhecido como “Neguinho” e Ricardo Junio Guimarães Fonseca, vulgo “Pimpolho”.

 

Veja também

 

DUAS IRMÃS QUE NÃO TINHAM CELULARES PARA ENTREGAR AOS BANDIDOS SÃO BALEADAS DURANTE ASSALTO NO BAIRRO DA CIDADE DE DEUS, ZONA NORTE DE MANAUS

 

IMAGENS FORTES! Usuário de drogas é executado a tiros por dois pistoleiros após tentar estuprar uma criança no bairro do Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. VEJA VÍDEOS

 

Antes de acontecer a prisão de “Kelly”, já haviam sido presos pela equipe de investigação da DEHS, os acusados Paulo Urbano Encarnação, vulgo “Barnabé” e Adriano Valente, o “Papaizinho”, que já é um ex-presidiário que responde na Justiça por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

 

Ricardo "Pimpolho" ainda é um dos foragidos 


A morte de José Carlos foi cometida de forma cruel, com golpes de enxada, depois teve a cabeça arrancada juntamente com os dois braços e segundo ficou comprovado nas investigações, o grupo criminoso ateou fogo no corpo da vítima.


A motivação do crime bárbaro teria sido porque José Carlos Leocádio era suspeito de ser um informante da polícia, passando informações sobre o esquema de tráfico de drogas e apontando quem eram os líderes das facções e pontos de vendas de entorpecentes nos bairros do Gilberto Mestrinho e Grande Vitória.

 

Marcelo "Neguinho" também continua sendo procurado


Três envolvidos no assassinato de José Carlos Leocádio já estão presos e a partir de agora, apenas Marcelo “Neguinho” e Ricardo “Pimpolho” continuam foragidos, mas a equipe de investigação continua em diligências e a dupla pode ser presa a qualquer momento.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

A população pode ajudar com denúncias sobre o paradeiro dos foragidos e os telefones para informações são o 98118-9535 (Disque Denúncia) da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros e 181da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP/AM).

 

 

 

Fotos: Divulgação
 

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2024. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.