NOTÍCIAS
Esporte no Amazonas
23/02/2020

Nacional segura Penarol fora de casa e pega o Amazonas nas semifinais do turno

Compartilhar:
Foto: Divulgação

O Nacional-AM garantiu a última vaga às semifinais do primeiro turno do Campeonato Amazonense. O Naça jogou mal, mas contou com a falta de pontaria do Penarol-AM para segurar o empate em 0 a 0 com o rival neste sábado, no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara, pela sétima e última rodada da fase classificatória do primeiro turno estadual. Em quarto, o Naça agora vai enfrentar o líder Amazonas FC, na quinta-feira, na Arena da Amazônia, sem a vantagem do empate, que será do time caçula por conta da melhor campanha.

 

E agora?


Com 10 pontos, o Naça garantiu a última vaga no G4 e vai pegar o líder Amazonas FC, na quinta-feira, às 20h30, na Arena da Amazônia, em uma das semifinais do torneio. A vantagem do empate será do clube caçula, por conta da melhor campanha. Já o Penarol, que não vence desde a estreia, acumulou seu sexto jogo sem vitórias - três derrotas e três empates no período. De quebra, entrou na zona do rebaixamento graças ao primeiro critério de desempate, número de vitórias.

 

Primeiro tempo


O Penarol não brigava por nada, mas, como de praxe quando atua em casa, adiantou a marcação e buscou os gols logo nos primeiros minutos. Aos três, após cruzamento de Edinho canutama pela direita, Nena escorou para Raílson chegar batendo de canhota, quase na pequena área, mas Bernardo salvou o Naça. A lateral-esquerda, inclusivem, foi o "calcanhar de aquiles" do Naça até a parada técnica. Prova disso é que o Leão da Velha Serpa chegou outras três vezes com perigo pelo setor. Aos 14, Nena aproveitou chute cruzado de Mateus Paragominas e mais uma vez parou em milagre de Bernardo. Raílson e Paragominas tiveram oportunidades dentro da área, mas isolaram.

 

O Nacional, enquanto isso, parecia satisfeito com o empate e, com três volantes, ficou mais retraído e jogando por uma bola. Quando chegava, porém, ou era nas bolas paradas, como numa de Guilherme Adolfo e outra de Charles, que pararam em defesas de Rascifran, ou em arremates de longa distância. Charles e Randerson foram os mais participativos e únicos a tentar algo de diferente, como dribles e arrancadas individuais, mas também não se destacaram a ponto de tirar o zero do placar.

 

Segundo tempo


O segundo tempo começou devagar, mas ainda assim com o Penarol superior. Aos 11 minutos, Raílson acertou bom cruzamento para Nena dentro da área. O atacante desviou de cabeça e viu a bola beijar a trave esquerda de Bernardo antes de sair pela linha de fundo. Gilberto Pereira e Aderbal Lana perceberam a queda de rendimento e tentaram fazer mudanças para mudar o panorama da partida, mas não adiantou muito e jogo seguiu truncado no meio de campo. Até que, só aos 40 minutos, Klécio recebeu passe de Paulinho na meia-lua, chutou colocado e forçou o goleiro Rascifran a operar um milagre. Romarinho também teve uma chance nos acéscimos, mas desperdiçou. 

 

Globoesporte

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.