NOTÍCIAS
Política no Amazonas
19/07/2019

Nejmi Aziz e três irmãos do senador Omaz são presos na 'Operação Vertex' da Polícia Federal

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Nejmi Aziz foi presa nesta sexta-feira

A esposa do senador e ex-governador do Amazonas Omar Aziz,  Nejmi Aziz, foi presa pela Polícia Federal na manhã desta sexta-feira (19)., durante a Operação Vertex, que investiga a prática de crimes de corrupção passiva, lavagem de capitais e organização criminosa.

 

Também foram presos três irmãos do senador, Amin, Mansour e Murad Aziz, e vários empresários.

 

Nejmi é vice-presidente estadual do PSD-AM e nas últimas eleições concorreu ao cargo de deputada estadual, mas não foi eleita. 

 

Logo no início da manhã desta sexta-feira a PF cumpriu um mandado de busca a apreensão na casa do senador. Horas depois, Nejmi foi levada à sede da Polícia Federal em Manaus.

 

Ao todo são cumpridos nove mandados de prisão temporária, 15 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de bloqueios de contas de pessoas físicas e jurídicas (de aproximadamente 92,5 milhões de reais) e sete mandados de sequestro de bens móveis e imóveis, expedidos pela Justiça Federal.

 

Segundo a PF, entre as vantagens indevidas de que se tem suspeita teria acontecido entregas de dinheiro em espécie ou por meio em negócios simulados ou superfaturados, a fim de ocultar a entrega de dinheiro dissimulado por meio de contratos de aluguel e de compra e venda.

 

 

NOME DA OPERAÇÃO 

 

O nome da operação policial desta sexta-feira é sinônimo da palavra vértice e significa o ponto mais alto, o ápice, correspondendo ao alcance da investigação, que reuniu indícios robustos da prática de crimes pelo governador à época da criação da organização criminosa formada em torno do Instituto Novos Caminhos. 

 

Estão sendo cumpridos 09 mandados de prisão temporária, 15 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de bloqueios de contas de pessoas físicas e jurídicas (aproximadamente 92,5 milhões de reais), 07 mandados de sequestro de bens móveis e imóveis, expedidos pela Justiça Federal, que, após parecer do Ministério Público Federal, deferiu representação do Delegado de Polícia Federal que preside a investigação.
A operação foi executada pela Polícia Federal nos Estados do Amazonas, Brasília e São Paulo.


(Com informações do G1-AM)

COMENTÁRIOS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.