13 de Julho de 2024 - Ano 10
NOTÍCIAS
Interior em Destaque
14/06/2024

Padrasto é preso por abusar sexualmente das duas enteadas durante seis anos no município de Autazes, interior do Amazonas. VEJA VÍDEO

Foto: Divulgação

O padrasto foi preso e agora vai ficar à disposição da Justiça

Em mais uma ação de policiais da 39ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Autazes, distante 113 quilômetros de Manaus, foi preso um homem de 33 anos, por estupro de vulnerável contra suas enteadas, duas adolescentes que agora estão com 13 e 14 anos.


O delegado Paulo Mavignier, diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), disse que o crime ocorria desde quando as vítimas tinham 7 e 8 anos, respectivamente as diligências iniciaram após a gestora da escola da vítima, de 13 anos, perceber uma alteração no comportamento dela.
Em conversa com a gestora a adolescente contou que foi abusada sexualmente pelo padrasto na manhã do mesmo dia.

 

A responsável acionou o Conselho Tutelar e o órgão, por sua vez, comunicou o ocorrido aos policiais civis da 39ª DIP. Durante escuta especializada, a vítima contou que sofria abusos sexuais desde os 7 anos, bem como que a sua irmã, de 14 anos, também era vítima do autor.

 

Veja também

 

Evangélica e adolescente estão desaparecidas e polícia divulga imagens para a população ajudar a encontrá-las em Manaus

 

ACERTO DE CONTAS! Pistoleiros perseguem e executam homem com doze tiros em beco no bairro de São José Operário 2, Zona Leste de Manaus

Equipe localizou e deu voz de prisão ao estuprador

 

O indivíduo se aproveitava de momentos em que a genitora das adolescentes não estava por perto para cometer o crime e, também, oferecia presentes às adolescentes em troca das relações sexuais.

 

“Em depoimento, as vítimas disseram, ainda, que em janeiro deste ano teriam contado à sua mãe sobre o que ocorria com elas, em uma ocasião que o indivíduo teria tentado abusar sexualmente da vítima de 14 anos, mas a genitora não acreditou no relato”, destacou o delegado Mavignier.

 

Ainda segundo o delegado, sobre uma possível omissão da mãe das adolescentes, as investigações continuam para apurar a situação.

 

Se ficar comprovado que a mulher tinha ciência do que estava acontecendo e não denunciou, ela também responderá por estupro de vulnerável, uma vez que ela é a mãe das vítimas e tem o dever legal de proteção.

 

Delegado e diretor do DPE, Paulo Mavignier (Fotos: Divulgação)

 

O diretor do DPI contou, ainda, que a equipe de investigação da 39ª DIP, coordenada pelo delegado Glaucio Oliveira, segue trabalhando neste caso com testemunhas a serem ouvidas.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatAppCanal e Telegram  

 

O laudo pericial constatou um abuso sexual antigo nas vítimas, com a violação do hímen delas. Quanto às vítimas, elas estão sendo acompanhadas pelo Conselho Tutelar de Autazes. E sobre o autor, ele foi preso em sua residência, no bairro Mutirão, em Autazes.
O homem responderá por estupro de vulnerável, permanecerá preso e ficará à disposição da Justiça.

 

VEJA VÍDEO: 

 

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2024. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.