NOTÍCIAS
Mulher
17/04/2021

Pele madura: especialistas explicam como cuidar da região do colo e pescoço

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Com o passar dos anos a pele do pescoço e colo tendem a apresentar maior flacidez; veja como prevenir e tratar

O skincare está em dia, mas a pele do pescoço e colo parecem apresentar mais sinais de envelhecimento que a pele facial. Isso acontece devido à menor quantidade de glândulas sebáceas e maior tendência ao ressecamento nessas regiões. Por isso, para conter os sinais do tempo é preciso que pescoço e colo recebam atenção especial e cuidados específicos.

 

O iG Delas conversou com as dermatologistas Ana Paula Fucci e Roberta Almada. Elas explicam a seguir por que a pele do pescoço e colo envelhecem com maior rapidez e como tratar da região.

 

Conforme explica Fucci, a pele do pescoço e colo tem características um pouco distintas em relação a do rosto, principalmente na quantidade de pelos e glândulas sebáceas. Isso faz com que essas áreas tenham maior tendência ao ressecamento e cicatrização mais difícil. "Ao longo da vida, cuidamos mais do rosto e esquecemos essa região, que também é exposta", afirma Ana Paula.

 

Veja também

 

Quais são os maiores erros de quem busca procedimentos estéticos faciais

 

Dia do Café: aprenda maneiras de usar o pó na pele e no cabelo

Além disso, a pele do pescoço é mais fina e sensível do que a do rosto. Tudo isso faz com que as marcas do tempo acabam ficando mais evidentes e contribuem para que essas áreas acabem envelhecendo antes que a pele do rosto. Por isso é fundamental não esquecer da proteção solar no pescoço e colo.

 

Maquiagem para mulheres de pele madura - Blog Inonni

Foto: Reprodução

 

"A radiação ultravioleta é a maior responsável pelo envelhecimento extrínseco, portanto, a fotoproteção também nessas áreas é essencial. Sinais exteriores desse envelhecimento se traduzem por pele fina e apergaminhada (lembrando um pergaminho), com ressecamento, aspereza, rugas e manchas marrons e avermelhadas", diz Fucci.


A dermatologista acrescenta que com o avanço da idade, alterações hormonais, fatores genéticos, estilo de vida e hábitos alimentares se somam para o resultado final de perda de colágeno e elastina, contribuindo para maior flacidez, rugas e manchas nessas áreas.


Segundo Almada, usar os mesmos produtos da sua rotina de skincare facial no pescoço e colo podem ajudar a conter o envelhecimento nessas áreas, mas há tratamentos mais certeiros para a região, como o uso de produtos anti-idade mais potentes.

 

"Usar os mesmos produtos de uso habitual para rosto como sabonete específico, protetor solar e produtos com ativos anti-aging com alto poder hidratante ajudam a tratar a região e a prevenir os sinais do envelhecimento cutâneo", diz.


Além do uso diário de filtro solar e produtos hidratantes e antioxidantes, as profissionais indicam o uso de bioestimuladores de colágeno para o tratamento da flacidez e rugas no pescoço e colo.


"Felizmente temos um grande arsenal de tratamentos eficazes para essas regiões", afirma Almada, que indica tratamentos de fácil acesso. "Bons produtos de uso domiciliar em conjunto com tratamentos no consultório, como microagulhamento e “drug delivery”, skinbooster, luz intensa pulsada, laser, bioestimuladores de colágeno e ultrassom microfocado são ótimos", diz.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp.

 

No cotidiano, as especialistas indicam uma rotina de cuidados que inclua produtos hidratantes (que contenham ácido hialurônico, por ex.), clareadores a base de ácido kojico ou fítico, antioxidantes, como a vitamina C ou E, ácidos que estimulem o colágeno, como o lático ou glicólico, e filtro solar. 

 

Fonte: iG 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.