06 de Julho de 2022 - Ano 8
NOTÍCIAS
Esporte no Amazonas
15/05/2022

Piza explica mudanças e exalta 1ª vitória fora: 'Mais um jogo pra gente provar o nosso valor'

Foto: Reprodução

Manaus vence o Floresta por 1 a 0, neste sábado, em Pacajus-CE, pela 6ª rodada da Série C do Brasileiro. Equipe, que não vencia há dois jogos, entrou com sistema diferente na partida

O Manaus venceu o Floresta por 1 a 0 neste sábado e quebrou um jejum de dois jogos. De quebra, ainda conquistou a primeira vitória fora de casa na Série C do Brasileiro. Para o técnico Evaristo Piza, o principal foi o entendimento do elenco para um jogo que lembra algumas condições de partidas do estadual, principalmente do campo.

 

Piza explicou que mudou o sistema de jogo para ter três zagueiros, mas isso não significa que o time não foi ofensivo. No fim, o comandante destacou que ficou contente não só com o resultado, mas com o empenho de seus comandados.

 

- Um jogo em que estão todos de parabéns. O grupo, os atletas, os que vieram e os que ficaram lá trabalhando, toda a diretoria, a staff. A gente sabia que ia ter dificuldades. A gente analisou bastante o Floresta. Era praticamente um confronto (direto). O adversário com 10 (pontos) e a gente com oito. E um local em que o campo ia dificultar um pouco as ações do jogo. Lembrou um pouco o estadual, realmente. E uma estratégia de até mudar o sistema de jogo, por mais um zagueiro. Porque ia ser muito jogo aéreo e a gente trabalhou muito em cima disso a semana - explicou.

 

Veja também

 

Maratona aquática apoiada pela prefeitura movimenta o turismo esportivo em Manaus neste domingo

 

Prefeito David Almeida anuncia patrocínio de R$ 2 milhões ao Manaus para a disputa da série C

 

Jogadores são muito comprometidos à proposta, inteligentes de absorver e dar resposta. E a gente ajustou bem, conseguimos neutralizar o adversário, ter saída. Eu até falei em uma entrevista passada, não é porque você está com três zagueiros que você é defensivo. Você pode se tornar ofensivo da maneira que nós jogamos. Então hoje o jogo mostrou isso".

 

— Evaristo Piza, técnico do Manaus

 

O comandante do Manaus ressaltou ainda que a equipe saiu fortalecida do duelo, principalmente porque consegue se adaptar à situação de jogos. Tanto em campo que permite um jogo em campo com qualidade melhor quanto em outro com gramado não tão bom.

 

- Mais um jogo pra gente provar o nosso valor. É um time que joga em um campo que tem proposta de jogo e um time que guerreia em um campo em que muitas vezes não vai ter muita ação no jogo. E então vamos sair daqui mais uma vez fortalecido, como nós saímos de alguns jogos no estadual. No espírito de guerra, de combater, de lutar e de criar situações para ganhar o jogo. E eles cumpriram com muita eficiência e a gente sai daqui muito satisfeito, muito feliz pelos três pontos - destacou.

 

MUDANÇAS NO TIME TITULAR

 

Evaristo Piza explicou que colocou Rayne como terceiro zagueiro, no lugar de Denoni, para ganhar no jogo aéreo. Já em relação à entrada de Luiz Felipe no lugar de Branquinho foi por uma questão de saúde. O treinador explicou que o atacante apresentou sintomas de gripes antes da partida e por isso foi poupado.

 

- A ideia foi saber que tinha um campo que ia dificultar um pouco. Com o Rayne eu ganhava na saída, no jogo aéreo, na bola parada defensiva, ofensiva. E o Luiz devido a ausência do Branquinho. Talvez eu nem fosse começar o jogo com o Luiz. E daí o Branquinho relatou um desconforto gripal, um pouco de febre, com o corpo cansado e pela manhã a gente tomou a decisão de por um meia para jogar. O Luiz vinha trabalhando, ainda não tinha o início em uma partida e hoje a gente optou por ele. É um jogador de bastante inteligência, bastante força, pensa o jogo. E entendeu bem o que a gente queria com a proposta (..) - explicou.

 

Mas o comandante também ficou satisfeito com os jogadores que entraram no decorrer do jogo, com Ibiapino, Denoni e Silvano, por exemplo.

 

- Mas de um modo geral acho que todos estão de parabéns. O pessoal que entrou no segundo tempo também. Não deixou cair o ritmo. Aumentou a nossa força. O Ibiapino mais uma vez pegando a bola, chamando a responsabilidade, fazendo o gol. O Silvano entrando e finalizando e conseguindo o pênalti a nosso favor. Quando precisou do Gutierrez no jogo fora de casa, deu a resposta. O Marco Antônio já melhor condicionado, já brigou mais na frente. O Denoni - disse.

 

Então o grupo está muito fortalecido. Todos querendo o seu espaço sem vaidade, respeitando os companheiros. Todo mundo quer titularidade e aumenta o nível. E eles entendem que ela vai vir no decorrer de cada jogo. E o Luiz Felipe até comentar que era três e meia e ele não sabia que ia jogar. E na hora que deu o nome dele, ele fez um grande jogo porque ele se preparou ao longo da semana para o jogo. Independentemente da titularidade ou não. E isso faz uma equipe vencedora".


— Evaristo Piza

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

Com a vitória, o Manaus chega aos 11 pontos e sobe na tabela de classificação. Antes dos jogos deste domingo, terminou na segunda posição, mas pode ser ultrapassado. O próximo duelo na Série C será em casa. Recebe o São José no domingo (22), às 16h (de Brasília), na Arena da Amazônia, pela oitava rodada.

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2022. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.