21 de Julho de 2024 - Ano 10
NOTÍCIAS
Plantão Policial
11/06/2024

Polícia perde o prazo do pedido da prorrogação de prisão e homossexuais que transmitiam vírus HIV para crianças e adolescentes são colocados em liberdade pela Justiça

Foto: Divulgação

Rodrigo Santos e Victor Igor contaminavam crianças com o vírus HIV e estão em liberdade novamente

Os homossexuais, Rodrigo Santos e Victor Igor - presos na “Operação Carimbadores”, deflagrada em 10 de maio deste ano -, ambos acusados de contaminar crianças e adolescentes com o vírus HIV, foram soltos pela Justiça do Amazonas.


A notícia vem causando revolta geral e o que mais indigna é que a ausência de uma solicitação em tempo hábil, que deveria partir da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), para a conversão da prisão temporária em preventiva, resultou na libertação da dupla de “carimbadores”.


Os dois homossexuais foram presos na operação realizada no dia 10 de maio deste ano, pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente, quando a titular ainda era a delegada Joyce Coelho.

 

Veja também

 

Prints de conversas por app mostram como pedófilos com HIV agiam para estuprar e infectar crianças em Manaus. VEJA

 

Homossexuais que estupravam e contaminavam crianças e adolescentes com o vírus HIV têm os nomes e fotos divulgados

 

Operação "Carimbadores" prendeu os

homossxuais no dia 10 de maio dese ano


A falta de monitoramento dos prazos e a falha na comunicação entre a delegada que estava deixando a Depca e a delegada que assumiu, Juliana Tuma, para que houve o pedido de prorrogação de prazo das prisões temporárias, são apontados com causas da soltura de Rodrigo Santos e Victor Igor.


Na época da investigação a polícia descobriu que o casal de homossexuais e outros pedófilos em grupos de aplicativos conhecidos como “os carimbadores”, compartilhavam estratégias para localizar menores em situações de vulnerabilidade.

 

Os locais de captação e aliciamento de crianças e adolescentes eram os terminais de ônibus e banheiros de locais públicos, como shoppings, eram apontados como locais para abordar as vítimas e transmitir o vírus HIV através dos abusos sexuais.

 

Rodrigo e Victor Igor também comentavvam que

iria contaminar homens casados (Fotos: Divulgação)


A perda dos prazos processuais que teve como efeito legal a libertação de Rodrigo Santos e Victor Igor, também coloca os dois homossexuais considerados altamente nocivos às crianças, aos adolescentes e á sociedade em geral, coloca também os dois na categoria de foragidos.


Isso vai acontecer se as solicitações de prorrogações de prisões temporárias ou conversão em prisão preventiva, foram enviadas nas próximas hora e a Justiça do Amazonas acatar os pedidos da Polícia Civil através da Depca.


Veja as notas de esclarecimentos divulgadas pela Polícia Civil do Amazonas (PC/AM) e da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap):

 

NOTA DA POLÍCIA CIVIL DO AMAZONAS

 

“A Polícia Civil do Amazonas, por meio da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), informa que o prazo da prisão temporária dos suspeitos foi encerrado.


No entanto, a DEPCA tomou as medidas cabíveis e já solicitou à Justiça a conversão da prisão para o regime preventivo. Essa medida demonstra o compromisso da PC-AM com a proteção das crianças e adolescentes, buscando garantir a segurança e a justiça em casos de violência contra os mais vulneráveis. A investigação segue em andamento para a completa elucidação dos fatos e responsabilização dos envolvidos.”

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatAppCanal e Telegram  

 

NOTA DA SECRETARIA DE ESTADO

DE ADMINUSTRAÇÃO  PENITENCIÁRIA

 

A Secretaria de Administração Penitenciária do Amazonas (SEAP-AM) também emitiu uma nota explicando a soltura dos acusados. “No caso dos nacionais envolvidos no ‘Caso Carimbadores’, estavam em mandado de prisão temporária que finalizou no fim de semana. Cumprimos a decisão judicial. Não estão mais custodiados no sistema penitenciário.”

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2024. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.