NOTÍCIAS
Arte e Fama
08/12/2021

Próximo James Bond pode ser negro, mas produtores não abrem mão de um detalhe: 'Tem que ser britânico'

Compartilhar:
Foto: DIVULGAÇÃO

Daniel Craig como James Bond em Cassino Royale

O último filme de Daniel Craig como James Bond, 007 – Sem Tempo Para Morrer já estreou e com isso aumentaram-se as apostas sobre quem será o ator a interpretar o novo espião.

 

Entre os nomes mais cotados de acordo com o público estão Idris Elba e Tom Hardy, porém a escolha pode surpreender, e inclusive demorar muitos anos.

 

Agora a produtora Barbara Broccoli, que é dona da franquia junto com seu irmão Michael G. Wilson deu uma entrevista para o The Hollywood Reporter, e revelou uma característica que não abre mão para o ator que for interpretar o novo James Bond: ser britânico.

 

Veja também 

 

Mara Maravilha aceitou participar do documentário de Xuxa

 

Mara Maravilha alfineta Xuxa após a loira usar acessório de origem animal em ensaio de fotos

“Acho que será um homem porque não acho que uma mulher deveria interpretar James Bon. Eu acredito em fazer personagens para mulheres e não apenas ter mulheres interpretando papéis que são masculinos. Eu não acho que existam grandes papéis suficientes para mulheres, e é muito importante para mim que façamos filmes para mulheres sobre mulheres. Ele deve ser britânico, então britânico pode ser de qualquer [etnia ou raça].”

 

Barbara ainda colocou fim aos boatos de que o último 007 estaria tendo um prejuízo por causa dos alugueis em plataformas de video on-demand. Segundo ela, o longa está rendendo muito dinheiro digitalmente.

 

Mesmo com a pandemia em curso, Sem Tempo para Morrer conseguiu arrecadar US$ 765 milhões tornando-se a maior bilheteria dos tempos atuais, e por causa disso a produtora revelou que caso queira, o diretor Cary Fukunaga poderá voltar a dirigir os próximos filmes.

 

“Amamos o Cary. Ele fez um trabalho excepcional. Não tenho a menor ideia se ele faria outro. Acho que ele fez isso porque queria um desafio e com certeza conseguiu. Mas não tenho certeza se ele faria outro. Adoraríamos trabalhar com ele novamente”, disparou a produtora.

 

Fukunaga disse à publicação que “nunca trabalhou com produtores que estivessem tão envolvidos criativamente”.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.
Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram 

 

“Eu também sabia que indo para lá, eu sabia que este é o bebê deles . Então entrei nisso com a perspectiva de como posso fazer minha parte para tentar fazer deste um bom filme. Desde o início, sentaríamos nesta mesa redonda nos escritórios da Eon em Piccadilly, e Barbara receberia cafés, chás e comida e se certificaria de que todos estavam alimentados e, ao mesmo tempo, conduzia completamente as reuniões com 17 ideias lançadas contra a parede.”

 

Fonte: E-Pipoca

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2022. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.