NOTÍCIAS
Internacional
26/09/2020

Reino Unido: Boris Johnson exorta líderes mundiais a se unirem contra covid-19

Compartilhar:
Foto: Reprodução

"Nunca mais devemos travar 193 campanhas separadas contra o mesmo inimigo", disse o primeiro-ministro do Reino Unido

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse neste sábado que a pandemia do novo coronavírus desgastou os laços entre as nações e exortou os líderes mundiais a se unirem contra o "inimigo comum" da covid-19.

 

Johnson, que fez os comentários em um discurso pré-gravado para a Assembleia Geral virtual das Nações Unidas, disse que, nove meses após a pandemia, "a própria noção de comunidade internacional parece esfarrapada".

 

Johnson traçou um plano para prevenir outra pandemia global, incluindo uma rede de laboratórios de pesquisa zoonótica em todo o mundo para identificar patógenos perigosos antes que passem de animais para humanos. O primeiro-ministro, que contraiu covid-19 durante a primavera do Hemisfério Norte e passou três noites em terapia intensiva, também pediu aos países que compartilhem dados para criar um sistema global de alerta precoce para surtos de doenças e às nações que parem de impor controles de exportação de bens essenciais, como muitas fizeram durante a pandemia.

 

Veja também

 

Discurso de Trump 'azeda' relação com a China; reeleição pode piorar diplomacia

 

Os ‘fantasmas’ que a fala de Trump sobre não reconhecer resultados nas eleições pode acordar


Johnson também comprometeu 500 milhões de libras (US$ 636 milhões) por meio do pool global de aquisição de vacinas COVAX para ajudar 92 dos países mais pobres do mundo a obter uma vacina contra o novo coronavírus, caso uma esteja disponível. Ele anunciou que o Reino Unido vai aumentar o seu financiamento para a Organização Mundial da Saúde (OMS) em 30%, para 340 milhões de libras (US$ 432 milhões) nos próximos quatro anos.

 

O primeiro-ministro está tentando conter a impressão de que o Reino Unido está se retirando do cenário mundial ou se tornando mais protecionista após sua saída da União Europeia. O Reino Unido deixou as instituições políticas do bloco em janeiro. 

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram. 

Entre no nosso Grupo de WhatsApp.

 

O Dia

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.