Notícias

Compartilhar Imprimir

Mulher

28/04/2019

São estes os anticoncepcionais sem hormônio que quase ninguém fala sobre

Compartilhar:

Foto: Reprodução

Conheça algumas opções sobre as quais quase ninguém fala ou mesmo sabem que existem

DIU de cobre e preservativo masculino são certamente os métodos contraceptivos sem hormônios mais conhecidos, mas nem todo mundo sabe que eles não são os únicos disponíveis.

 

Os anticoncepcionais livres de hormônios são direcionados a mulheres que apresentam contraindicação formal para o uso de hormônios, como histórico de doença cardiovascular na família, ou para as que apenas preferem uma contracepção livre de substâncias sintéticas. Conheça algumas opções sobre as quais quase ninguém fala ou mesmo sabem que existem:

 

Veja também 

Endometriose: mitos e verdades sobre a doença que afeta 15% das brasileiras em idade fértil

 

Anticoncepcionais sem hormônios


Diafragma


 

O diafragma é um anel flexível, de látex e em forma de cúpula. Quando colocado na vagina, impede o contato do sêmen com o colo do útero. É um método eficaz, mas a utilização incorreta aumenta o risco, tornando essencial uma consulta com um ginecologista antes do uso.

 

O diafragma deve ser retirado somente seis horas após a relação sexual para que todos os espermatozoides morram. Depois do uso, o dispositivo deve pode ser higienizado e utilizado novamente.

 

Gel espermicida

 


O gel espermicida é uma substância química que tem a função de imobilizar e destruir os espermatozoides. Ele pode ser usado sozinho ou combinado com o diafragma. Com a ajuda de um aplicador, o gel deve ser inserido na vagina e é eficaz pelo período de uma hora. Estima-se que o produto exponha a mulher a um risco de 29% de engravidar.

 

Camisinha feminina

 

 

Além de evitar uma gravidez indesejada, a camisinha feminina ainda protege contra doenças sexualmente transmissíveis. O método contraceptivo ainda é pouco utilizado e pode ter taxas significativas de falha basicamente por uso inadequado.

 

A camisinha feminina está à venda em farmácias e pode ainda ser retirada gratuitamente em postos de saúde. Ela pode ser colocada até 8 horas antes da relação sexual e, ao contrário do diafragma, não é reutilizável.

 

Esponja contraceptiva

 

Fotos: Reprodução

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.


A esponja vaginal é um pedaço de espuma em forma de disco, com uma cavidade e uma pequena alça, que deve ser colocada no colo uterino. O dispositivo libera espermicida, recobre a entrada do útero impedindo a chegada dos espermatozoides e garante proteção por até 24 horas.

 

Vix.com

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.