NOTÍCIAS
Internacional
30/07/2020

Suécia pede que cidadãos trabalhem em home office até 2021

Compartilhar:
Foto: Reprodução

País quer manter o transporte coletivo livre de aglomerações para trabalhadores considerados essenciais

Nesta quinta-feira (30), a Suécia ultrapassou a marca de 80 mil casos da Covid-19. Por esse motivo, a Agência de Saúde Pública e o governo do país pedem que os cidadão permaneçam em home office até o último dia do ano.

 

Desta forma, pretende-se diminuir a aglomeração em locais públicos, principalmente transportes coletivos. Assim, trabalhadoras considerados essenciais podem se encaminhar aos seus locais de trabalho em segurança.

 

A agência afirma que existe uma possibilidade de que casos aumentem no outono. No entanto, existem informações de que os casos graves diminuíram.

 

Veja também

 

Estados Unidos atingem marca de 150 mil mortos pela Covid-19

 

Itália prolonga estado de emergência por Covid-19 até outubro

O total de casos no país atualmente é de 80.100, enquanto as mortes estão em 5.739. O país é considerado um dos piores em relação ao controle da pandemia do novo coronavírus devido às medidas de proteção, consideradas como brandas demais.

 

Desta forma, países ao redor que conseguiram controlar o novo coronavírus, como Noruega, Dinamarca e Finlândia, fecharam suas fronteiras com a Suécia.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram

Entre no nosso Grupo de WhatsApp.

 

Ao contrário desses e de tantos outros países, os comércios considerados como não-essenciais seguem abertos. Além disso, o país renega a prática do uso de máscaras, por acreditar que o acessório não é realmente eficaz na contenção da Covid-19. 

 

iG

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.