NOTÍCIAS
Internacional
06/02/2020

Suspeito de estuprar menina de 5 anos em embaixada americana na Índia é preso

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Embaixada americana na Índia

As autoridades indianas prenderam e acusaram um homem de 25 anos suspeito de estuprar uma menina de 5 anos na embaixada dos Estados Unidos em Nova Délhi, na Índia, informou a polícia local nesta quinta-feira.

 

O crime ocorreu no sábado nas dependências dos funcionários indianos da representação diplomática americana.

 

O réu e a menina, ambos filhos de funcionários da equipe de manutenção da embaixada, moravam dentro do complexo.

 

Veja também

 

Igreja da Inglaterra pede 'desculpas' por dizer que apenas os casais heterossexuais devem fazer sexo

 

Coronavírus: China tem mais de 420 mortes e 19,5 mil casos confirmados

— O suspeito foi preso no domingo, imediatamente após a denúncia dos pais da menina — disse o investigador Yogesh Kumar à AFP.

 

Os primeiros exames médicos revelaram que a garota havia sido estuprada.

 

O suspeito foi acusado de acordo com as leis sobre violência sexual contra menores, que preveem a pena de morte.

 

Segundo o investigador, a menina brincava do lado de fora quando o suspeito a atraiu para o local onde mora com os pais dentro do complexo americano.

 

A violência contra as mulheres ocupa um lugar de destaque na Índia desde o estupro coletivo de uma jovem mulher em um ônibus em Nova Délhi em 2012, que chocou o país e o mundo.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatsApp. 

 

Em 2018, cerca de 34.000 estupros foram denunciados às autoridades indianas, número subestimado, segundo especialistas que estimam que esse número não constitui mais do que a ponta do iceberg, devido à lei do silêncio que ainda prevalece nesta sociedade patriarcal. 

 

Extra

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.