NOTÍCIAS
Educação
23/05/2021

Unicamp 2022: comissão diz que manterá 'temas mais básicos', prevê lives literárias e espera data do Enem para organizar vagas

Compartilhar:
Foto: DIVULGAÇÃO

Comvest considera contexto educacional afetado pela pandemia para planejar exame do vestibular e fará transmissões para apoiar estudantes, após elevar exigência em lista de livros obrigatórios.

O Vestibular 2022 da Unicamp manterá abordagem focada em "temas mais básicos", segundo a comissão organizadora (Comvest), em virtude dos reflexos da pandemia no contexto educacional.

 

Em contrapartida, ao elevar o número de obras literárias obrigatórias de sete para dez, ela prevê uma série de lives para orientação e diz que aguarda o calendário do próximo Enem para definir se vai considerar ou não a modalidade que reserva vagas e usa notas dos candidatos no exame para fazer seleção.

 

Professor de história do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), José Alves de Freitas Neto continuará como diretor da Comvest durante o mandato do novo reitor, Antônio José de Almeida Meirelles, o Tom Zé. Ao G1, ele explica que o nível das provas será parecido com a edição anterior.

 

Veja também 

 

Datafolha: 46% dos brasileiros preferem escolas fechadas durante toda a pandemia

 

Enem 2021: governo precisa acelerar edital geral, inscrição, impressão e distribuição para exame ocorrer neste ano

 

"No ano passado, fizemos ajustes pontuais e emergenciais que atenderam nossas expectativas, mas temos que entender os impactos das aprendizagens em um processo seletivo. [...] Temos que manter os pés no chão e termos a tranquilidade de dizer que é possível fazer uma boa prova com temas mais básicos", explica.


De acordo com a Comvest, a 1ª fase será realizada em 21 de novembro, enquanto a 2ª está marcada para os dias 16 e 17 de janeiro. Além disso, a universidade estadual divulgou que o período de inscrições ficará disponível de 2 de agosto a 8 de setembro, por meio da página oficial.

 

Freitas Neto ressalta preocupação na forma de elaborar o vestibular frente às desigualdades sociais.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.
Entre no nosso Grupo de WhatApp.

 

"Queremos que se reconheçam nas questões apresentadas como uma realidade que está à sua porta e que demandam o seu protagonismo, a valorização das ciências, a defesa dos direitos humanos e o efetivo exercício da cidadania."

 

Fonte: G1

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.