NOTÍCIAS
SÓ VÍDEOS
24/11/2021
Visualizações: 7229

Vídeo mostra criminoso confessando que matou dentista com sete golpes de machadadas na cabeça. VEJA AS IMAGENS

Compartilhar:
Foto: Reprodução / Portal do Zacarias

Três golpes foram aplicados já com a vítima no chão

 A Polícia Militar prendeu na última segunda-feira (22) uma dupla envolvida na morte do dentista José Santa Clara Miranda, de 61 anos, mais conhecido como "Zezinho Dentista" em Conselheiro Lafaiete, na região Central de Minas Gerais.

 

Segundo a ocorrência, os autores, conhecidos como "Doidinho", 28 anos, e "Neguinho", de 25 anos, saíram de um culto, andaram por quase 3h até a casa da vítima, antes de Doidinho matar o dentista com sete machadadas na cabeça.

 

Doidinho foi encontrado por policiais por volta de 16h na rodovia AMG-405, que liga Conselheiro Lafaiete à cidade de Santana dos Montes. Os militares o abordaram depois de perceberem nervosismo nele ao avistar a viatura. Depois da revista e de encontrarem bucha de maconha com o autor de 28 anos, os militares foram informados pelo próprio homem de que estava transtornado e que tinha matado naquela madrugada um "dentista famoso".

 

Veja também

 

IMAGENS FORTES! Ciclista tem cabeça esmagada após ser atropelado por ônibus. VEJA VÍDEO

 

Homem é preso após passar a mão no corpo de mulher que trabalhava em avenida. VEJA VÍDEO

 

Aos policiais, Doidinho disse que trabalhava na residência do dentista e que e após terminar o serviço, não recebeu o pagamento e começou a ser ameaçado. Ele afirmou que foi até o local na companhia de um amigo na intenção de "fazer a cobrança da dívida e se necessário, iria matá-lo".

 

Ele saiu a pé de Conselheiro Lafaiete por volta das 23h de domingo (21), com objetivo de ir até a casa da vítima, mas só chegou lá por volta das 2h de segunda. Ele alega ter encontrado a casa aberta e um machado. O autor então foi até o quarto do dentista, viu ele acordar assustado e desferiu quatro machadadas na cabeça dele. Com a vítima já no chão, deu mais dois golpes na cabeça e colocou um cobertor por cima de Zezinho.

 

Durante todo o desentendimento, o amigo de Doidinho ficou do lado de fora da casa, mas foi chamado após o crime. Com o amigo no quarto em que ocorreu o homicídio, Doidinho deu ainda a sétima e última machadada na cabeça do dentista.

 

Doidinho roubou porções de maconha, um tênis, mochila com itens pessoas e R$ 25. A dupla ainda roubou o carro do dentista, mas não andaram muito porque a gasolina do carro acabou. Com a falta de combustível, Neguinho foi pra casa, enquanto Doidinho fugiu pela estrada.

 

Buscas pelo comparsa


Com a informação de que Neguinho estava em casa, os policiais foram até a casa do coautor. Lá, ele contou aos militares que estava no culto com Doidinho, quando foi convidado a fazer a cobrança após a cerimônia. Ele reafirmou o discurso do amigo, de que aguardou durante todo o fato, que presenciou o último golpe, mas voltou para a rua durante o furto dos itens pessoais do dentista.

 

Quase 14h após o crime, os policiais encontraram o corpo do dentista de bruços perto da porta do quarto, com camisa preta e sem as partes de baixo da ropua. Ao lado do corpo também foram encontradas fezes e muito sangue.

 

O machado usado no crime foi recolhido pela perícia. O carro da vítima foi localizado a alguns bairros de distância.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

VEJA VÍDEO:

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.