Notícias

Compartilhar Imprimir

Mulher

24/09/2019

Veja tudo o que você precisa saber sobre harmonização facial, procedimento queridinho dos famosos

Compartilhar:

Foto: Divulgação

Harmonização facial: procedimento queridinho dos famosos.

Se você é ligado no mundo dos famosos, provavelmente deve ter ouvido falar sobre harmonização facial, procedimento estético que conquistou Gretchen, Joelma, Lucas Lucco e outros artistas. Mas você sabe, exatamente, o que é isso?

 

"Harmonização facial nada mais é que avaliar as proporções de uma face e definir onde podemos fazer um retoquinho para deixá-la mais bonita e harmônica", explica a dermatologista Michele Haikal.

 

"Por exemplo, quando queremos um queixo menor, aplicamos mais produto na mandíbula. Também há outras maneiras de fazer com que o queixo pareça menor. Portanto, a harmonização facial é harmonizar os traços do rosto".

 

Veja também

 

Rivalidade feminina é mito ou verdade? Especialistas explicam. VEJA

 

Confira 7 perguntas e respostas sobre a pílula do dia seguinte

 

 

A médica afirma que, na maioria das vezes, esses preenchimentos são feitos com ácido hialurônico e hidroxiapatita, mas há outras substâncias que podem ser utilizadas. "Também dá para fazer uma harmonização mais sutil com preenchedores que utilizam o próprio colágeno do paciente. Com essa técnica a volumização é menor. Para ter um resultado mais sutil também é possível usar o ácido poli-L lático".


Todo mundo pode fazer?

 

 

Apesar da popularidade e de parecer relativamente simples, a harmonização facial não pode ser feita em qualquer pessoa. É o que explica a cirurgiã dentista Ludimila Abi-Saber Toledo, especializada na área.

 

"Mulheres grávidas, que estão amamentando ou que tenham alguma sensibilidade anterior às substâncias; pacientes com lesões pré malignas ou malignas na face; que possuam preenchedores não reabsorviveis limitam a área a ser tratada; pessoas com doenças sistêmicas não controladas e estejam fazendo uso de Roacutan® não podem fazer o procedimento".


Médicos x dentistas

 

 

Nos últimos tempos, um debate sobre quais profissionais — entre médicos, cirurgiões plásticos e dentistas — seriam mais capacitados para a harmonização facial tomou conta da área de saúde. Afinal, quem pode realizar o procedimento?

 

"Um médico que tenha formação na área. Pode ser um dermatologista, um cirurgião plástico ou um profissional que atue com medicina estética. Mas o ideal é aquele médico que estudou o assunto a fundo, que fez cursos e que é perito ao utilizar a técnica", explica a dermatologista Michele.

 

Em 2019, o Conselho Federal de Odontologia reconheceu a harmonização facial como especialidade odontológica. Ou seja, tanto médicos quanto dentistas, desde que capacitados para isso, podem realizar a técnica.

 

Fotos: Reprodução

 

A harmonização facial é um conjunto de procedimentos estéticos que busca ressaltar o que há de belo no rosto e gerar simetria, segundo a cirurgiã-dentista Yara Moura, membro da SBTI (Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica) e especialista em harmonização orofacial.

 

A dentista estima que, para realizar uma harmonização completa, sejam feitos em torno de 10 procedimentos

 

Entre os procedimentos que podem ser realizados na harmonização, estão a bichectomia (lipoaspiração da gordura de bochechas), lipoaspiração de papada, "bigode chinês", volumização malar, volumização de mandíbula e preenchimento labial.

 

Quando a harmonização é realizada por dentistas, procedimentos que melhoram a estética dos dentes, como clareamentos e lentes de contato dentais, também podem fazer parte do pacote.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp.

 

Entre os produtos utilizados para os procedimentos estão a toxina botulínica (botox), o ácido hialurônico, o ácido deoxicólico, entre outros tipos de ácidos, minerais e até o plasma sanguíneo do próprio paciente, que pode ser aplicado no rosto para o rejuvenescimento.

 

R7

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.